quarta-feira, março 21, 2007

Zé Gomes, Príncipe dos Poetas


Zé Gomes Ferreira não é só um dos grandes poetas contemporâneos, é também um excelente contador de histórias do quotidiano lisboeta, do século XX.

Por se comemorar o Dia Mundial da Poesia e se iniciar a Primavera, ofereço-vos a minha homenagem a este grande senhor, que até era capaz de dançar com as palavras...


Zé Gomes,

Podias ser apenas um rei
das palavras e dos sonhos,
mas não...
És um irmão
e um companheiro
de todos os vagabundos,
e, sobretudo,
um «João sem medo»...
de navegar pelos mundos...

15 comentários:

Maria disse...

Uma forma Maior de comemorar o Dia Mundial da Poesia - com José Gomes Ferreira, um poeta Maior da nossa língua...

Obrigada, Luís

Rosa dos Ventos disse...

Uma bela e poética maneira de festejar o Dia Mundial da Poesia e um grande Poeta!

Debaixo do Bulcão disse...

Foi um dos poetas que mais me influenciou na minha adolescência, quando comecei a escrever.
A homenagem que lhe fazes é uma óptima maneira de comemorar este dia!

Vitorino

Repórter disse...

Não comento estas "coisas" porque não consigo. As grandes figuras não merecem que eu estrague o retrato.

Maria P. disse...

Excelente escolha.

Beijinho Luís.

Luis Eme disse...

É sim senhor, Zé Gomes é um poeta maior da nossa literatura, Maria.

Também gosto muito dos seus contos e crónicas...

Luis Eme disse...

Zé Gomes é uma grande escolha em qualquer lugar... Rosa.

Luis Eme disse...

Então não apareceste no "Sabor e Arte"?

Imagina só, até li dois poemas do teu "Bulcão"...

Queres saber quais? O da Minda (merecia a homenagem...) e de uma moçoila que não conheço, Joana Fernandes...

O Zé gomes também me influenciou na adolescência, mais em prosa, com o seu "Mundo dos Outros". O poeta, descobri-o depois...

Luis Eme disse...

De certeza que não estragavas o retrato, com o teu comentário, Repórter.

Luis Eme disse...

Pois foi, Maria P.

Como se costuma dizer, há horas e dias felizes...

Debaixo do Bulcão disse...

Obrigado.
E desculpa a falta de comparência. Fica para a próxima.
Coincidência: coloquei hoje o poema da Minda no blog do Bulcão (antes de regressar aqui ao teu).
A Joana Fernandes também não conheço pessoalmente, mas também gosto do poema dela.

Vitorino

Luis Eme disse...

Não tens de te desculpar...

Vou pensar seriamente em escrever um poema na "tonalidade" do expressivo "Debaixo do Bulcão"...

Cristina disse...

:-)

isabel victor disse...

Luís éme, partilho por inteiro,
esta homenagem

ainda não tinha visto ...

beijo *

isabel

Luis Eme disse...

Zé Gomes Ferreira não é muito badalado, mas felizmente, é um poeta de corpo inteiro.

Fico feliz por nós, Cristina e Isabel, por partilharmos o gosto das palavras de um dos nossos "principes dos poetas".