domingo, março 04, 2007

Naide Gomes Campeã Europeia


A excelente atleta almadense Naide Gomes sagrou-se ontem Campeã Europeia de salto em comprimento em pista coberta, com a excelente marca de 6,89 metros, que passou a ser simultaneamente recorde nacional e a melhor marca mundial do ano.
Esta vitória, que nos encheu de felicidade, lembrou-me quase de imediato o meu saudoso amigo Henrique Mota, praticamente o único elemento da “tertúlia cacilhense do Repuxo” , com quem falava de atletismo e cujo saber enciclopédico era digno de registo.
Sei que se ele ainda estivesse por cá, hoje, tínhamos conversa pela manhã dentro nas mesas do “Repuxo”, sobre a nossa campeã, perante a perplexidade dos outros companheiros, que não fazem ideia o que é um salto de tesoura ou um salto de extensão...

12 comentários:

Maria disse...

Isto é o que se chama "estar em cima do acontecimento"...
Encontrarás certamente alguém no "Repuxo" com quem trocar umas palavras sobre a Naide Gomes.
Porque é que estas pequenas grandes coisas nos fazem tão bem ao ego?

Bom fim de semana
Um beijo

Repórter disse...

Naide é, sem dúvia, uma campeã. Muitos títulos fazem parte do seu currículo. Para glória almadense em particular e portuguesa em geral.
O saudoso Henrique Mota, esse senhor que fazia o favor de ser meu amigo (era difícil não ter amizade por ele) conhecia, como ninguém, o fenómeno do atletismo. Como atleta que foi e como observador atento que sempre era.
É bom, apesar de tudo, sentir a costela almadense...

O LEÃO DA ESTRELA disse...

Os atletas continuam a desmentir a estratégia dos dirigentes de transformar o Sporting Clube de Portugal num clube apenas de futebol e insistem em conquistar títulos internacionais no atletismo – modalidade que, curiosamente, não tem infra-estruturas no clube, depois de demolido o velho Estádio de Alvalade. Neste sábado foi Naide Gomes, a conquistar para Portugal mais um título europeu do salto em comprimento em pista coberta, ao vencer o concurso dos Campeonatos da Europa de atletismo, em Birmingham (Inglaterra), com 6,89 metros, um novo recorde nacional.

Rosa dos Ventos disse...

Estamos todos de parabéns!

Maria P. disse...

Fantástico!

isabel victor disse...

Boa noite Luís ! E volto ao mesmo assunto ... "Museu" Salazar »»»»

Pergunto, será que ainda vamos ter um " ? "

(perdoai-lhes senhor por invocarem o ilustre nome de MUSEU vão !) , dito museu, dedicado ao ditador Salazar , na sua santa terrinha, antes de termos um grande MUSEU português dedicado à resistência e aos negros anos do fascismo, que tantas vidas eclipsou ? Teremos que nos questionar ... quando o conceito de museu é usado para branquear a memória e atropelar a história ! Não lhe chamem MUSEU, chamem-lhe mausoléu, epitáfio à falta de lucidez. Monumento à pequenez ...

Eclipsámo-nos de vez ?!

_________________________________________________________


A esta inquietação CN responde ASSIM com magistral argumentação ! Dê o seu contributo para o museu que nos faz falta em »»»»»» Esse grande filho da Pátria


Posted by isabel victor at 3/04/2007 4 comments

Luis Eme disse...

Por acaso não encontrei, Maria...

A rua do desporto, se esquecermos o futebol, não é muito frequentada.

Tem sido sempre assim... e a Naide tem toda a razão em queixar-se do pouco espaço que deram a este feito extraordinário, ela sagrou-se Campeã Europeia!

Luis Eme disse...

A Naide é um colosso!

Tens razão sobre o que dizes do Henrique Mota, Repórter. O Henrique foi um ser humano extraordinário, que além de ter sido um excelente desportista, treinador e dirigente, ainda nos deixou um dos melhores legados biográficos do desporto nacional com os seus "Desportistas Almadenses".

Luis Eme disse...

tens razão "Leão da Estrela".

O Sporting está a desfazer-se do eclectismo, a sua grande bandeira e espaço de grandes títulos e vitórias nacionais e internacionais.

Era bom que esta vitória da Naide muda-se as coisas...

Luis Eme disse...

Pois estamos Rosa!

Luis Eme disse...

É sempre fantástico, quando uma atleta deste pequeno país levanta bem alto a nossa bandeira, Maria.

E a Naide é fantástica!

Luis Eme disse...

Estive lá e deixei comentário Isabel.

Além de sermos um país de ignorantes, temos a memória demasiado curta.