terça-feira, janeiro 21, 2020

Os 90 Anos do Chico


Francisco Gonçalves, um dos melhores actores amadores de Almada e da nossa Incrível Almadense, festeja hoje o seu nonagésimo aniversário.

Para nós, mais chegados ele é o Chico, mas o mais importante de tudo, é ele ser das melhores pessoas que conheço.

Apesar de ter entrado no clube restrito dos "noventa", continua a conservar no olhar, uma limpidez rara, que não só afasta todas as "nuvens" que nos cercam, como é capaz de descobrir o melhor que existe dentro de cada um de nós.

sábado, janeiro 18, 2020

Só Podia ser uma Coisa Assim...


Como passei ali mesmo ao lado, resolvi dar um pulito ao Cristo-Rei e ver as vistas.

Não fiquei muito surpreso ao descobrir o "destino" dado ao barracão construído nas traseiras do monumento, que me fez fazer um comentário por aqui, graças ao péssimo gosto estético, da pessoa, ou pessoas, que terão tido a infeliz ideia.

Mas outros valores se levantam e nada melhor para o negócio, que uma loja central, à vista de todos os que olham para a figura quase gigante do Cristo-Rei, mesmo quando ele está de costas...

(Fotografia de Luís Eme - Almada)

quarta-feira, janeiro 15, 2020

A Quase Ausência de Informação...


Já escrevi aqui sobre a distribuição da "Agenda Cultural de Almada", que raramente chega às bancas no começo do mês. Ou seja, há sempre uma série de iniciativas que passam ao lado dos almadenses, às vezes estamos a chegar ao dia 10 e ainda não existe qualquer sinal da "agenda"...

Mas pior que isso é a ausência de informação sobre inaugurações de exposições ou lançamentos de livros, em várias Casa da Cultura de Almada.

É curioso, porque quando se usava papel, chegava a receber convites em duplicado pelo correio. Agora que existem os e-mails, praticamente sem custos, não recebo notícias. 

Um dos casos mais estranhos é o da Oficina de Cultura de Almada, mas já nem sequer me incomodo com o assunto. Quando passo por lá, se descobrir alguma exposição, entro e aprecio (de vez enquanto publicito por aqui...), mas não deixo de lamentar este "deixa andar", esta quase vontade de "não informar"...

(Fotografia de Luís Eme - Lisboa)

domingo, janeiro 05, 2020

O Centenário de Henrique Mota


Este ano que agora começa, é o ano em que se comemora o centenário do nascimento de Henrique Mota, o grande historiador do desporto almadense e  um dos melhores amigos que conheci em Almada.

Foi por estas duas razões que resolvi criar um blogue sobre a sua história de vida, para que pelo menos neste ano de 2020, o Henrique possa ser recordado, pelo muito que deu a este Concelho, que adoptou como seu.

quinta-feira, janeiro 02, 2020

A Quase "Imortalidade" do Fernando...


Um dos meus melhores amigos de Almada faz hoje a bonita idade de 96 anos.

Felizmente, não se tem notado muito os anos a passarem por ele. Os únicos problemas que o acabam por limitar, são a perda de visão - que já não lhe permite fazer duas das coisas que mais gostava: ler e escrever - e a artrose nos joelhos, que lhe limita um pouco os movimentos. 

Continua com uma lucidez invejável e com a sua bonomia de sempre (tem sempre duas ou três anedotas novas "guardadas no bolso", para os amigos...). É sempre um prazer estar na sua companhia.

Às vezes sinto que ele "já não tem idade", que atingiu quase a "imortalidade". Sei que isto pode parecer estranho, mas as pessoas que conviveram com Manoel de Oliveira, devem perceber o que eu quero dizer.

Parabéns, Fernando.

(Fotografia de Luís Eme - Verdizela)

terça-feira, dezembro 31, 2019

Mais um Virar de Página...


A mudança de ano, com mais ou menos foguetório, é apenas um virar de página.

Há sempre lugar para a esperança, para o desejo de que alguma coisa melhore, porque para pior já basta assim...

Pondo de lado os "euromilhões" das nossas vidas, penso que se as pessoas pensassem, mesmo que fosse um bocadinho só, nos outros, muita coisa melhoraria à nossa volta...

(Fotografia de Luís Eme - Ginjal)

terça-feira, dezembro 24, 2019

BOAS FESTAS



(Fotografia de Luís Eme - Cacilhas)

sexta-feira, dezembro 20, 2019

A "Elsa" Passou pelo Ginjal...

A "Elsa" passou pelo Ginjal, felizmente, sem fazer grande mossa.

As casas velhas, mesmo sem telhado, não foram abaixo.

O Tejo sim, tem-se transformado num pequeno oceano, com ondas e ventos com força suficiente para assustar os tripulantes dos cacilheiros, que fizeram várias pausas, ontem e hoje, interrompendo algumas travessias (especialmente as do Barreiro e da Trafaria)...

E as ondas com vontade de subir paredes, não deixam de ser uma delícia, no Cais do Ginjal...

(Fotografia de Luís Eme - Ginjal)

terça-feira, dezembro 17, 2019

Fernando Lemos e Romeu Correia

Fernando Lemos, fotógrafo, artista plástico, poeta e desenhador gráfico, deixou-nos hoje, com 93 anos, em São Paulo, a sua Cidade adoptiva. 

Vivia há mais de sessenta anos no Brasil, para onde partiu nos anos 1950, porque não quis ser, mais uma vitima da ditadura salazarista.


A sua fotografia foi descoberta há poucos anos no nosso país, porque entre 1949 e 1952 foi fotografando os amigos, com alguma originalidade. Amigos esses ligados às artes e letras. Um deles foi o escritor almadense, Romeu Correia. 

No ano do centenário do seu nascimento escrevi um "poema-legenda", de uma das fotos que Fernando Lemos lhe tirou e que publico (a fotografia e o poema) com a devida vénia aos dois artistas...

As Tuas Mãos

As tuas mãos que escrevem
as tuas mãos que esgrimem
as tuas mãos que abraçam
as tuas mãos que contam...

São um bem precioso.

São explicação
são aventura
são trabalho,
são ternura...

As tuas mãos são a tua vida.


(Fotografias de Luís Eme - Lisboa)

domingo, dezembro 15, 2019

O Concerto de Natal da Incrível


Ontem foi um dia cheio de música para os Incríveis e para os Almadenses.

Depois da Arruada de manhã, seguiu-se o também tradicional Concerto de Natal, durante a tarde, no Salão de Festas da Colectividade de Almada.


O Concerto teve um atractivo especial, a interpretação musical (e teatral) do conto "Pedro e o Lobo", que contou com a colaboração do Teatro Independente de Loures, que deu vida às personagens da história, narrada pela presidente do Município de Almada, Inês Medeiros, que aceitou o desafio do maestro Jorge Camacho, da Banda da Incrível, para participar nesta festa com música, teatro e natal, do movimento associativo almadense.

(Fotografias de Luís Eme - Almada)

sábado, dezembro 14, 2019

A Arruada de Natal da Incrível


A Banda da Incrível saiu à rua na já tradicional "Arruada de Natal", tendo oferecido a sua música, alusiva à época, a todos aqueles que a meio da manhã andavam pelo Mercado ou pelas principais artérias e praças do centro de Almada.


Foi bom sentir a alegria a irradiar os rostos de quem passava, ou simplesmente estava nas esplanadas do centro da Cidade a beber um café e a conversar com amigos, com esta bela surpresa, Incrível e natalícia.

(Fotografia de Luís Eme - Almada)

quinta-feira, dezembro 12, 2019

"Dez por Dez" na Imargem

Hoje à tarde visitei uma excelente exposição, que está patente na galeria da Imargem (em Almada), intitulada, "Dez por Dez", por nos oferecer trabalhos de dez artistas: Carlos Catalão, Carlos Morais, D' Souza, Fernanda Guerreiro, Fernando Quintas, Francisco Bronze, Francisco Palma, Jorge Pé-Curto, Manuel da Fonseca e Maria Bargado.


Além de visitar a exposição acabei por ficar mais alguns bons minutos, a conversar com dois amigos sobre Arte, Associativismo e Almada...

(Fotografias de Luís Eme - Almada)

terça-feira, dezembro 10, 2019

O Associativismo, Abril e a Música...


Apesar de vivermos tempos complicados no nosso país, que acabam por afectar quase todas as áreas da sociedade, não posso deixar de apoiar a "minha" Incrível Almadense, por tentar que a música chegue aos bairros do Concelho de Almada, mais afastados da cultura, com o apoio das Juntas de Freguesia, respectivas e dos "Amigos da Banda".

Apesar de partir de uma colectividade com 171 anos de vida, é também uma boa forma de lutar e abraçar o futuro.

(Fotografia de Luís Eme - Almada)