segunda-feira, setembro 09, 2019

Dá-me Luz...


Apesar da falta de iluminação (que mau cartão de visita de Almada para tanto turista dos sete cantos do mundo...), todos os caminhos - mesmo depois de cair a noite - vão dar aos dois restaurantes "internacionais" do Ginjal...

(Fotografia de Luís Eme - Ginjal)

sexta-feira, agosto 30, 2019

O Ginjal Quase no Fim de Agosto...

Pois é... 

Deixou de ser novidade.
No Ginjal deixou de haver estações altas ou baixas... 
Há sempre gente para trás e para a frente. 
Há reservas feitas nos dois restaurantes com meses de antecedência.
Toda a gente quer fotografar, o Rio, a Ponte, o Paredão, as Ruínas...

Os mais pacientes até ficam à espera do pôr do Sol...

(Fotografia de Luís Eme)

quinta-feira, agosto 22, 2019

O Ginjal não Começa nem Acaba...


Não sabem onde começa e onde acaba...

Uns pensam que acaba no último armazém em ruínas, outros quando o rio fecha portas (Quinta da Arealva).

Claro que isso não tem qualquer importância... o Mundo sempre me pareceu melhor sem fronteiras, apesar de haver muita gente que gosta de viver rodeada de muros...

(Fotografia de Luís Eme)

sábado, agosto 17, 2019

Campos e Jardins de Verão...


É quase um "oásis", o jardim que fica entre o final do Ginjal e a Fonte da Pipa...

Tanto pode ser solário como um espaço de convívio e de piquenique...

(Fotografia de Luís Eme)

segunda-feira, agosto 12, 2019

A Praia das Lavadeiras com Meninas...

Neste Agosto coberto de incertezas climáticas, gostei de ver algumas meninas a brincar na Praia das Lavadeiras, coração do Ginjal (junto aos famosos restaurantes "Atira-te ao Rio" e "Ponto Final")...

(Fotografia de Luís Eme)

sábado, agosto 03, 2019

A "Piscina" do Jardim Está Vazia...

Antes de ir de férias reparei que a fonte junto aos azulejos de Manuel Cargaleiro, num dos Jardins Públicos (que ficava bem com o nome do pintor...) de Almada estava vazia.

Já em Agosto, reparei que se mantinha sem água.

Sei que é "terrível" para a malta que fazia daquele tanque a sua piscina, neste Verão quente, mas é uma boa medida para a saúde pública. Pois a água, apesar de circular, estava longe de manter as condições de higiene desejadas, muitas vezes via-se com dificuldade o fundo, apesar da fonte ter menos de um metro de profundidade....

(Fotografia de Luís Eme)

sexta-feira, julho 12, 2019

Almada na História


Já saiu mais um número do boletim "Almada na História" (nº 32), publicada pelo Arquivo Histórico do Município de Almada.

Este boletim de fontes documentais é dedicado inteiramente à Costa de Caparica.

E a distribuição continua a ser gratuita.

Aproveitem!

quinta-feira, julho 11, 2019

O Calor, o Tejo e as Praias do Ginjal


As praias do Ginjal são mais que uma tentação em dias quentes, como o de hoje.

Apetece molhar muito mais que os pés.

Felizmente há quem se atreva...

(Fotografia de Luís Eme)

sábado, julho 06, 2019

O Poder nunca Gostou do "Contraditório"


De longe a longe tenho algumas conversas que me fazem lembrar as discussões sobre o "sexo dos anjos". 

A última delas foi com alguém próximo da CDU, que desabafou sobre a falta de um bom jornal em Almada, capaz de denunciar todos os problemas que estão ser criados pela presidência actual socialista.

Talvez não estivesse à espera que eu lhe recordasse, que a CDU nunca apoiou o "Jornal de Almada", de forma a que este pudesse subsistir, porque este tentava exercer o "contraditório" (por vezes de forma excessiva...), o que não agradava a quem exercia o poder há décadas (e quase sempre com maiorias...).

A boca fugiu-lhe para a verdade quando disse que o "Jornal de Almada" sempre fora um "pasquim" da igreja.

Pois é, quando se dão notícias "contra nós", os jornais têm sempre todos os defeitos do mundo...

(Fotografia de Luís Eme)

quarta-feira, julho 03, 2019

A Solução do Costume...

Hoje passei por Cacilhas e descobri que a escultura de Jorge Pé-Curto, que homenageia Cacilhas, as crianças e as tradições (Burricadas), estava vedada.

Como de costume, a solução para os problemas em Almada são placas de aviso (o Ginjal está cheio delas, embora muitas já estejam quase ilegíveis...) ou vedações a proibir a passagem das pessoas (que normalmente não são cumpridas, com a da escadas que vão dar ao parque de estacionamento do Morro de Cacilhas, com já mais de um ano...).

As obras de recuperação ou de melhoramentos, essas, normalmente são inexistentes...

(Fotografia de Luís Eme)

sábado, junho 29, 2019

"Salvos" pela Largueza do Tejo...


A largueza do Tejo poupa-nos da visão catastrófica da quase "invasão" turística e capitalista (sim é o dinheiro que faz com que circulem tantos "monstros gigantes", que navegam por aí e deixam a sua pegada por onde quer que passam), que se faz pelos grandes portos do Mundo.

As imagens que o Malomil divulgou sobre Veneza não precisam de mais palavras...

(Fotografia de Luís Eme)