terça-feira, abril 25, 2017

25 de Abril Sempre!

Com o "avanço" dos populismos e das "mentiras" que agora querem chamar "pós verdade", não sei até quando é que iremos poder dizer e gritar, «25 de Abril sempre!», sem qualquer tipo de condicionalismo.

Era bom que isso ainda fosse possível em 2074.

(Fotografia de Luís Eme)

sábado, abril 22, 2017

"Olha a Liberdade!" (o folheto e o poema...)


Com a minha "estupidez natural" lá fiz mais um folheto, que será entregue hoje à tarde aos participantes na exposição, "Olha a Liberdade!", com a sua arte e as suas palavras.

Quando organizo estas coisas tento sempre escrever algo inédito, mesmo que nem sempre tenha a qualidade desejável. Desta vez fiquei a ver a Liberdade a passar...

Olha a Liberdade a Passar…

Ela sabia que
a liberdade passava por ali
mas vinha sempre a correr sem parar
era como se fosse um carro veloz
que só deixa fumo e barulho no ar

Já não conseguia chorar
aceitava aquele seu destino
como se estivesse dentro
de um fado triste e desgraçado
cheio de mágoas e desatino

Nada que a impedisse de sonhar
ou de se esgueirar até à janela
para ver se ainda existiam milagres
e se a Liberdade lhe dava a mão
como se Ela fosse a Cinderela…

Luís [Alves] Milheiro

terça-feira, abril 18, 2017

"Olha a Liberdade!"

Esta é a fotografia ("Liberdade F. C.") com que participo na exposição colectiva de pintura e fotografia, "Olha a Liberdade!", organizada pela SCALA, que foi inaugurada a 15 de Abril e patente na sua sede social até ao dia 28 de Abril. Exposição que procura festejar Abril com 25 olhares diferentes sobre a Liberdade.

(Fotografia de Luís Eme)

segunda-feira, abril 17, 2017

A Esperteza Versus a Inteligência

Não penso, sei,  que a esperteza faz mais "estragos" nas pessoas inteligentes, que a inteligência nos "chico-espertos".

E isso acontece porque a esperteza surge quase sempre embrulhada em qualquer coisa, e está sempre decidida a tomar os inteligentes por parvos...

Já a inteligência costuma subestimar os "chico-espertos", esquece-se de que eles são capazes de ir até ao fim do mundo...

Isto não é "chinês", é apenas uma contratação de quem cai vezes demais nas esparrelas dos "chico-espertos"...

(Fotografia de Luís Eme)

terça-feira, abril 04, 2017

"O Cais da Companhia..."


Este é o Cais da Companhia Portuguesa de Pesca, no Olho de Boi, e faz parte da exposição, "Passeio dos Tristes", que será inaugurada hoje às 17 horas, na Galeria-Sede da SCALA, em Almada.

(Fotografia de Luís Eme)

domingo, abril 02, 2017

O Meu "Passeio dos Tristes"


À terceira foi de vez, acertei no título da exposição.

Depois de tentar encontrar pontos de encontro entre as minhas fotografias, achei que "Passeio dos Tristes", era o melhor título para uma exposição com Cacilhas, Ginjal e Arealva, que fazem parte de um dos meus passeios preferidos, muito graças ao Tejo.