segunda-feira, outubro 08, 2007

O Vinho Benfica


Não pensem que o "Vinho Benfica" foi uma invenção do empresário Manuel Damásio, quando da sua passagem de má memória pela Luz, onde inventou um pouco de tudo, menos dinheiro e títulos (os da "operação coração" não valem)...
Nos anos sessenta e setenta, o período áureo do Benfica, a Quinta da Arealva, localizada no final do Ginjal, produzia vários tipos de vinho com a marca do "Glorioso", como o vinho de agulha (que tinha algum gasoso...), inquieto, fresco e agradável, e também um vinho tinto quente, de doze graus...

10 comentários:

Maria disse...

O que tu vais descobrir, Luís.....
Já bebi vinho do SLB, mas o rótulo era completamente diferente deste.

Beijinho

Maria P. disse...

Sempre que o assunto é futebol...apetece-me passar a bola!
Mas, vinho tinto quente, doze graus...faz comentar.

Beijinhos*

CAP CRÉUS disse...

Outros tempos!
Aí o Benfica era outro tal como o vinho...

Rosa dos Ventos disse...

E quem é que tem exemplares desses?
Gostaria de provar o tal um pouco gaseificado, embora seja sportinguista! ;-))

Abraço

Luis Eme disse...

Pois, este é uma raridade, Maria...

Luis Eme disse...

Mas o assunto não é futebol Maria P, é vinho, do Benfica...

Luis Eme disse...

Podes querer Cap, ainda havia o Eusébio nos relvados...

Luis Eme disse...

Não sei Rosa, talvez algum benfiquista coleccionador...

Eu só tenho o rótulo...

Rita de Matos Oliveira disse...

Conhecia a fábrica que engarrafava e rotulava vinho no ginjal mas desconhecia que aí [ginjal] também havia produção.

Pelos vistos a nossa margem tem tradição, soube que ainda não há muitos anos havia produção de vinho na Charneca de Caparica, e parece que não era mau :)

Luis Eme disse...

Tens toda a razão, Rita, quando falas do vinho da Charneca de Caparica. Era muito apreciado e era o vinho que mais se consumia nos restaurantes de Cacilhas e do Ginjal no seu esplendor...

Em relação à Quinta da Arealva, penso que comprava a maior parte do vinho a produtores da região, mas tinha as suas marcas e aprimorava o seu paladar nas suas adegas...