terça-feira, abril 01, 2008

Conversas de Café (1)


- Se já mentimos tanto, diariamente, porquê um dia das mentiras?
- Porque não? Não há dias para quase tudo, porque não também um dia para as saborosas mentiras?
- Isso era se fossem todas saborosas...
- Agora fizeste-me rir!

12 comentários:

Maria P. disse...

"- Agora fizeste-me rir!"
Tu também:)

Beijos Luís M.

Debaixo do Bulcão disse...

Pois eu cá nunca minto. E raramente me engano...

Vitorino

Carla disse...

as saborosas não são mentiras, são flores aplicadas à realidade...
e agora fui eu que sorri ao ler-te
obrigada e bom resto de dia

inominável disse...

e que as há, saborosas e fresquinhas, lá isso há...

OBSERVADOR disse...

Não há um blogue com o nome "Conversas de Café"?

A propósito do dia, sublinhemos a quantidade de mentirosos por metro quadrado que se constata no nosso país.

Ouvi dizer que o dia das mentiras ia deixar de ser "comemorado" por todos aqueles que de uma forma ou de outra exercem o poder.

Por causa delas ... das mentiras.

Cris Caetano disse...

Era tão bom que todas as mentiras fossem "bobinhas" como as do 1º de Abril...
Eu prefiro a verdade, sempre, mesmo sabendo que ela pode doer muito.

Beijinhos

Luis Eme disse...

é so rir, M. Maria Maio...

Luis Eme disse...

Tu és um brincalhão, Vitorino...

e ainda bem que não és um "sabão"...

Luis Eme disse...

Pois são, Carla...

Luis Eme disse...

Há-as para todos os gostos, Inominável...

Luis Eme disse...

Claro que há, Observador, da nossa amiga Franky, que se mudou do Oeste para o Alentejo...

Luis Eme disse...

Mas há quem fuja da verdade, por doer, Cris...

Eu também prefiro a verdade, apesar das marcas...