quinta-feira, março 27, 2008

Almada Cidade-Teatro

O teatro de Almada tem palcos, grupos, actores e até poetas, como a Anyana, que escreveu este bonito poema, do qual transcrevo o início e o final:

O Teatro é fantasia, é sonho, é arte, é magia,
Desde os críticos e coloridos “Autos de Gil Vicente”,
Às magníficas e históricas pelas de Shakspeare,
Passando por tantas e tantas obras de incalculável grandiosidade;
É algo que o actor sente,
Sente o poder de ser outro ser, outro alguém,
De outras vidas viver...
[...]
De pé, de pé como as árvores, não desfalece nunca...
Mas que sã compensação, que transmissão vem do público,
Que corre em transcendente, vigorosa e sólida corrente
De pura admiração...
Com um fluído profundo, envolve o actor em seu mundo...
Porque o teatro é sem dúvida, mensagem, comunicação.
É algo de fantástico e maravilhoso, embriaguez dos sentidos...
É marca vinculada de uma eterna missão.

A imagem é do CIA (Cénico Incrível Almadense), da peça "A Cantora Careca", numa homenagem ao teatro amador e também à Incrível Almadense, que sempre foi uma boa escola de actores...

17 comentários:

OBSERVADOR disse...

O teatro é cultura.
E desse "material" estamos bem servidos.

Maria P. disse...

"É algo de fantástico e maravilhoso, embriaguez dos sentidos..."

Esta frase diz tudo.

Beijinho*

Ana Patudos disse...

Olá Luis
vai ao Paúl dos Patudos e vê só o que descobri no dia mundial do teatro.
bjos
Ana Paula

alice disse...

aqui está uma coisa que eu tenho pena de não ter aprofundado, o teatro. fiz algumas peças infantis quando andava na catequese. e só tenho boas recordações ;) um beijo, luís.

Nuno Góis disse...

O texto é fantástico...
E quanto a Almada é um verdadeiro portento teatral até a nível internacional.
Sabiam que Almada, para além de ter o maior festival de teatro do país, é a cidade da Europa com mais grupos de Teatro por habitante?
Já aprendi muito por aí...
Um abraço e muita força a todos os grupos de Almada, amadores ou profissionais!

Carla disse...

ler-te é um prazer
bom fim de semana
bjs

Luis Eme disse...

Pois estamos, Observador...

Luis Eme disse...

Pois diz, M. Maria Maio...

Luis Eme disse...

Já lá fui...

Que magnífica descoberta, Ana Paula.

Luis Eme disse...

Tu também escreves Teatro, Alice...

Luis Eme disse...

Obrigado pelas palavras e pela visita, Nuno.

E viva o Teatro!

Luis Eme disse...

Que bom, Carla...

Cris Caetano disse...

E Viva o Teatro!!! :)

Beijinhos

isabel disse...

a comunicação "vis a vis"

e não desfalece nunca!

abraço Luís

Luis Eme disse...

Viva o Teatro,Cris!

Luis Eme disse...

Pois não Isabel...

Cénico Incrível Almadense disse...

Cá está o CIA retribuindo a visita.

Parabéns à Anyana por tão bonito texto e parabéns ao Luis pelo blog.