sábado, dezembro 04, 2010

Só Falta Nevar...

A temperatura da manhã de hoje é inferior a cinco graus, pela certa.

Rente ao Tejo o frio ainda se sente de uma forma mais cortante, quando nos toca no rosto.

Tejo que é o maior obstáculo à queda de neve, em ambas as margens do rio, para tristeza dos meus filhos, que continuam a sonhar com uma Almada pintada de branco...

12 comentários:

Catarina disse...

Por que será que todos gostamos da neve quando ainda branquinha? Fazer bonecos de neve, atirar bolas de neve uns aos outros, deitarmo-nos no chão para desenharmos anjos... até eu adulta gosto de fazer isto! : )

MariaIvone disse...

Até eu que sou velhota tenho esse sonho!

Luísa disse...

Tenho ideia de que nevou por aqui e não há muito tempo, Luís. Não passou, é certo, de um arremedo de neve, que logo, logo, se transformou em lama. Mas foi neve, ainda assim. Pessoalmente, não gosto de neve, porque não é como o algodão que parece, mas como o gelo picadinho que se sente. Mas faz panoramas encantadores. E lembro-me de que, em criança, também sonhava com Invernos brancos. :-)

CAP CRÉUS disse...

Um dia há de nevar. Neste País acontece de tudo, por isso :-)
E há cerca de 3/4 anos nevou em Lisboa, por isso eles que tenham calma :-)

Ginjal e Lisboa disse...

De facto estava um frio de gelar, nem pescadores havia, nunca vi o Ginjal tão deserto. No post que acabei de escrever referi o frio cortante na legenda sob o Queen Elizabeth II.

Luis Eme disse...

porque não a temos, Catarina...

Luis Eme disse...

todos temos, Maria Ivone...

Luis Eme disse...

há neve e neve, Luisa.

neve sem vento e tempestade é deliciosa...

Luis Eme disse...

o Tejo é que não está muito pelos ajustas, Cap...

Luis Eme disse...

e nos dias do Sebastião, de nevoeiro quase cerrado?

também não se vê ninguém, G...

Cris Caetano disse...

Vi (feliz demais da conta) uns floquinhos tímidos de neve, em janeiro passado no Porto, esperando o avião pra voltar pra cá. Amei!

Beijos, Luis

Luis Eme disse...

sortuda!