domingo, dezembro 26, 2010

Cacilhas com Sol e Frio

O largo de Cacilhas hoje estava bastante luminoso, tal como Lisboa, no lado de lá, apesar do tempo dançar com o vento uma "valsa gelada", interminável.
O movimento limitava-se aos transportes. Aparentemente havia mais autocarros e eléctricos que pessoas, com tão pouca vontade de fazer companhia ao vento e "dançar" nas ruas...

8 comentários:

Maria disse...

Nem coragem tenho para ir à rua. Porque não gosto de andar com muita roupa. Prefiro tremer um pouco o queixo... mas isto não está para brincadeiras.
A fotografia é linda, Luís.

Beijinho.

Observador disse...

Saliento a magnífica fotografia.

Frio? Muito.
Gente? Pouca.

É assim. Há que resguardar o corpo e a mente.

Rosa dos Ventos disse...

As vezes que eu apanhei nesse largo o autocarro dos Belos... :-))
Primeiro, depois de vir do lado de lá de cacilheiro, depois, já a viver em Almada, vinda de autocarro lá de cima até aqui...
A seguir quase uma hora até Setúbal1
Belos tempos...e bela foto, Luís!

Abraço

Ginjal e Lisboa disse...

Um dia frio mas com uma luz fantástica, óptima para fotografar o Tejo, Lisboa, os Fotógrafos...

(Já agora convido-o para uma visita: http://umjeitomanso.blogspot.com/2010/12/transforma-se-o-fotografador-na-cousa.html)

Luis Eme disse...

agora já está mais quente, eles dão é chuva para a festa, Maria...

Luis Eme disse...

claro, Observador.

Luis Eme disse...

belos tempos, em que eras uma jovem e tudo era diferente, Rosa...

Luis Eme disse...

sim, muita luz e cor, G...