sábado, novembro 03, 2007

A História de Cacilhas em Livro


Ontem foi feita uma primeira apresentação do livro “Cacilhas – a Gastronomia, a Pesca e as Tradições Locais”, da autoria de Fernando Barão e Luís Alves Milheiro, integrada na cerimónia de entrega de prémios da “7ª Festa de Gastronomia de Cacilhas” e na festa de aniversário da Junta de Freguesia de Cacilhas.
Esta sessão contou apenas com a presença de convidados e decorreu numa das salas do Beira Mar de Almada.
O verdadeiro lançamento da obra destes dois cacilhenses vai ser no próximo sábado, dia 10 de Novembro, pelas 16.00 horas, no auditório da Escola Secundária Cacilhas – Tejo, com a apresentação do engenheiro Luís Filipe Bayó Veiga, grande apaixonado por tudo o que esteja ligado à história local.

11 comentários:

Maria disse...

Daqui a pouco vou ao lançamento do livro do António Paiva.
Este dia 10 já está marcado na agenda. Quem sabe se não almoço mesmo por aí, num sítio especial?
Beijinho, Luís

isabel victor disse...

Olha, também gostava ...

Bj* de boas notícias

Luis Eme disse...

Fazes muito bem Maria.

Será um prazer encontrar-te em Cacilhas.

Luis Eme disse...

Não te limites a gostar, Isabel, aparece...

Berta Helena disse...

Luís,

Parabéns pelo livro. Luís Alves Milheiro és tu, não é verdade?

Um beijo.

redonda disse...

E poder-se-á encontrar este livro na Fnac do Porto?

Entretanto leio o comentário anterior e penso ups, sabia e não sabia, ou penso que agora fiquei a saber. Parabéns!

Luis Eme disse...

Sou eu mesmo Berta...

E obrigada pelas palavras bonitas.

Luis Eme disse...

Não. Este livro é mais para consumo interno, Redonda. Aliás, a edição é da Junta de Freguesia de Cacilhas, que habitualmente faz uma distribuição por todas as instituições do concelho e também os coloca à venda na sua sede, embora não entrem nos circuitos comerciais.

Maria disse...

Foi muito bom ter estado em Cacilhas, hoje....
Obrigada, Luís.

Beijinho

Luis Eme disse...

E eu gostei muito de te ver por lá, Maria.

Abraço

Clara Mestre disse...

Também lá queria ter estado...
Espero lê-lo brevemente. Parabéns!