quinta-feira, março 31, 2011

Uma Poetisa do Sul


Nas minhas deambulações pela biblioteca da "Incrível Almadense" descobri um dos livros de poesia de Ada Tavares, autora alentejana que vive há bastantes anos no Feijó, Almada.


Gostei do título, "Alentejo em Mim", e da capa, da autoria de José Manuel Soares, artista plástico que viveu na Costa de Caparica.

Ada Tavares diz-nos: «[...] O Alentejo ficou em mim como um album de fotografias onde o Passado e o Presente se juntam, lado a lado, indiferentes à distância que os separa no tempo e na transformação do espaço geográfico. [...]»

2 comentários:

Leo disse...

Passei para mandar um beijinho.Ando tão ocupada que nem consigo escrever. Estou em pintura na sociedade Nacional de Belas Artes, preciso de me entregar de corpo e alma, ao que preciso de pintar, mas o tempo de trabalho na Função Pública, rouba-me a vida e os sonhos. Fui avó, vê lá! Estou a ficar velhota. Tenho o meu lugar no facebook "Leonor Vieira"
estás por lá? o face tem me permitido ver a minha filha e o meu neto. Ambos estão em Madrid. Agora sou avô internauta. Este é o mundo que estamos. IOL
Até breve, que já foi longo
Leo

Luis Eme disse...

olá Leo.

isso é que é "viver".

parabéns pelo teu netinho.