sábado, março 05, 2011

O Baile de Carnaval da Incrível

Não sei há quanto tempo não vou a um Baile de Carnaval. Há muitos anos, pela certa.

Talvez há uns dezasseis, dezassete anos, quando íamos até ao pavilhão de Sesimbra.

Esta noite vamos todos ao Baile "Económico" da Incrível Almadense. Para os meus filhos é a estreia...
O óleo é de Georges Corominas.

14 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Aproveita!
Os miúdos gostam e daqui por uns tempos já não querem andar com os pais! :-))
Começa então o desassossego!

Abraço

Catarina disse...

Que bom! Eles vão divertir-se de certeza! Estou como a Rosa dos Ventos... é de aproveitar agora porque quando tiverem autorização para sair apenas com os amigos... a estória é outra! : )

Maria disse...

Espero que se tenham divertido. Os miúdos em especial...

Beijinhos, Luís.

Luísa disse...

Ouso perguntar: de que é que vão mascarados, Luís? ;-D

redonda disse...

Ia perguntar, se iam mascarados...mas li a pergunta em cima, muito mais completa.

momo disse...

¡BIEN!

Luis Eme disse...

acabámos por só ir de segunda para terça (ontem), por motivos imprevistos.

mas foi divertido, embora já não tenha pedalada para dançar como noutros tempos, em que não parava, horas a fio...

os miúdos brincaram á maneira deles, encontraram amigos da escola e por lá andaram a correr e apanhar serpentinas e a brincar à escondidas.

Luis Eme disse...

sim, divertimo-nos todos, Catarina.

Luis Eme disse...

sim, e eles mais, claro, à sua maneira, Maria.

e o ambiente estava agradável na Incrível, mesmo sem estar a transbordar como nos tempos do lisbonense e da columbófila (eram os bailes que frequentava nas Caldas...)

Luis Eme disse...

fomos mascarados de "piratas", os quatro, Luisa.

Luis Eme disse...

fomos, convém, para ajudar à festa, Gábi.

Luis Eme disse...

sim, Momo, foi bom.

carol disse...

Ui, que inveja!!!

Luis Eme disse...

já passou, carol.