terça-feira, março 22, 2011

A Incrível Ontem Foi da Poesia e dos Poetas




A Festa da Poesia de Almada trouxe ao Salão de Festas da Incrível Almadense mais de uma centena de amantes da poesia, que contribuiram para que a noite fosse bastante animada e poética.
O espectáculo de mais de duas horas foi aberto pelo Coro Polifónico e pelo Cénico da Incrível (com a presença de Fernando Pessoa e da Florbela Espanca...), antes de se dar ínicio à já popular "poesia vadia", com os microfones abertos a todos aqueles que quiseram oferecer à assistência a sua poesia.
Até se cantou à capela, com alegria e emoção.

6 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Pronto!
Fiquei esclarecida!
Obrigada

Cris Caetano disse...

Adoraria ter estado com os dois. :)

Beijos, Luis

Luis Eme disse...

foi um prazer, Rosa.

Luis Eme disse...

fica para a próxima, Cris.

regista na agenda.

George Sand disse...

Que pena não ter sabido a tempo...vou estar mais atenta.

Luis Eme disse...

foi excelente, George Sand.