segunda-feira, janeiro 12, 2009

As Modas Ainda Vêm de Paris...

Hoje lembrei-me de escrever sobre duas coisas: a forma como o árbitro do jogo Benfica-Braga, executou mais um daqueles "roubos de igreja", que o mestre Pedroto costumava denunciar (senti-me envergonhado como benfiquista...); a promoção do Armando Vara, já depois de ter transitado da CGD para o BCP (só mesmo no nosso país...).

Mas isso era falar de coisas tristes. Apetece-me mais falar de coisas alegres, como a saída de um dos meus vizinhos, o Manecas, para um conhecido que passeava o cachorrinho, protegido com uma camisola de lã.
Enquanto passava em direcção a casa, o Manecas depois de me cumprimentar piscou-me o olho e virou-se para o senhor sexagenário que cirandava por ali, agarrado à trela, dizendo-lhe com um ar sério, que ele estava muito desactualizado. O homem abriu a boca meio espantado e ficou à espera da "actualização". O Manecas não vai de modas e atira-lhe: «Então não sabes que os "fifis" em Paris, além da camisolinha de lã, também se passeiam de pantufas pelas ruas, no inverno?»
O homem ficou de tal maneira furibundo que perdeu a compostura e respondeu-lhe de uma forma ordinária.
Eu, graças ao humor do Manecas, não perdi o sorriso até chegar a casa...

A gravura é da extraordinária Paula Rego.

8 comentários:

Maria P. disse...

Pois, só porque o teu "fifi" talvez já use camisolinha e pantufas foste a rir do outro, não se faz!

Beijos, Luís M.

Rosa dos Ventos disse...

Só com bom humor é que se pode aguentar tanta "desbunda"!


Abraço

Maria disse...

Os cães também devem sentir frio, acho eu...
Esse teu amigo Manecas deve ser um curtido...

Um beijo, Luís

Cris Caetano disse...

Se fosse comigo ou com papai não perdíamos o ¨rebolado¨ ... lembro-me um dia, papai chegava rindo com meu Sasha em casa num dia de chuva dizendo que dois que passaram por ele disseram um ao outro: ¨Olha lá, o cão de gabardine¨. hehe :)

Beijinhos

Luis Eme disse...

não tenho fifi...

se tivesse um cão, não seria de bolso nem de casa, e até podia ser um rafeiro, M. Maria Maio...

Luis Eme disse...

é verdade, mas há muito quem não o tenha, Rosa...

Luis Eme disse...

é do arco da velha, Maria...

histórias não lhe faltam...

Luis Eme disse...

só dá mesmo para sorrir, Cris...