terça-feira, agosto 19, 2008

Um Dia Para Esquecer...

Às vezes acontece, os atletas mais fortes e mais seguros, são traídos pela sorte e pelo risco inerente às próprias competições...

Foi o que aconteceu com Naide Gomes. Pode-se dizer muita coisa agora, mas ela e o seu treinador estudam sempre a melhor maneira de ultrapassar as qualificações. Desta vez não deu. E se há alguém triste, é ela...

Gustavo Lima, também não conseguiu chegar às medalhas, foi o "primeiro dos últimos" (4º lugar) e provavelmente irá abandonar a modalidade, cansado dos muitos anos de alta competição, onde a desigualdade de tratamentos e de apoios é uma evidência que muitos não querem, nem lhes apetece ver...

14 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Acho que apesar de tudo, continuam a ter muito valor, especialmente aqueles que falham, mas que sabem falhar e falar após os desaires.
Todos os outros deviam ter vergonha na cara e pedir desculpa, não só a quem lhes paga as bolsas mas também a eles próprios.
Acho igualmente que apesar de tudo, o estado continua a pecar por defeito relativamente aos apoios.

Maria P. disse...

Marecem o nosso aplauso de qualquer forma.

Beijos, Luís M.

Maria disse...

Tenho a mania de ver os jogos em directo. E vi os três saltos. Nem ela mesma percebeu o que se passou...

Beijinho, Luís

Rosa dos Ventos disse...

Foi um vôo interrompido, mas ela irá continuar a voar!
Com ela sofremos todos...

Abraço

OBSERVADOR disse...

Estamos a falar de atletas honestos.

Se todos fossem como o rapaz que preferia estar na caminha...

Mas fique-mo-nos pelos que nos merecem.

Lúcia disse...

O povo só quer medalhas. Mas o esforço que estes atletas fazem é enorme. E a maior frustração é deles, sem dúvida! São muitos sacrífícios cheios de esperança que, muitas vezes, não dá certo. Aplauso para eles, que bem merecem.
Bjs

Luis Eme disse...

é tudo gente boa...

em relação à parte final do teu comentário, é por isso que é muito complicado exigir, Cap, a quem pouco ou nada recebe...

Luis Eme disse...

sem dúvida, M. Maria Maio.

Luis Eme disse...

pois não, Maria.

e no terceiro já era tarde...

Luis Eme disse...

claro que voa, Rosa, a Naide é uma campeã.

Luis Eme disse...

Observador, o Marco Fortes tem o seu valor, foi o primeiro português a passar a barreira dos 20 metros no peso...

claro que foi infeliz, talvez por ser brincalhão e extrovertido, não percebeu o alcance que iriam ter as suas palavras...

Luis Eme disse...

pois merecem...

as pessoas não sabem o que estes jovens passaram nestes últimos quatro anos, Lúcia...

Cris Caetano disse...

Amarelou, como amarelou o Jardel Gregório no salto triplo. Para competir a esse nível é preciso estar bem preparado psicologicamente, caso contrário, falham mesmo. Não tem a ver com capacidade, isso eles/elas têm de sobra.

Beijinhos

Luis Eme disse...

mas a preparação também deve ser psicológica, Cris...