domingo, julho 15, 2007

Os Dias de Verão


Os dias de verão vastos como um reino
Cintilantes de areia e maré lisa
Os quartos apuram seu fresco de penumbra
Irmão do lírio e da concha é nosso corpo

Tempo é de repouso e festa
O instante é completo como um fruto
Irmão do universo é nosso corpo

O destino torna-se próximo e legível
Enquanto no terraço fitamos o alto enigma familiar dos astros
Que em sua imóvel mobilidade nos conduzem

Como se em tudo aflorasse eternidade

Justa é a forma do nosso corpo

Poema da grande senhora da poesia portuguesa, Sophia de Mello Breyner Andresen, óleo de Manuel Amado...

23 comentários:

isabel victor disse...

"O instante é completo como um fruto"

:))

gostei ...

Domingo de Sol a não perder

Repórter disse...

Muito bom para descomprimir.

Maria P. disse...

Sabes que gosto.

Boa semana*

Rosa dos Ventos disse...

Entre a imagem e o poema meu coração balança...

Ana Patudos disse...

Muito bonito Luis, o poema , a pintura e o visual novo do teu espaço. Bom gosto.
bjo
Ana Paula

redonda disse...

Não conhecia.
É muito bonito.

Minda disse...

Uma excelente escolha. Um poema lindo, que nos emociona... dá vontade de ler uma, duas, três vezes, .... e por aí adiante.

E combina muito bem com este teu ar renovado. Tens aqui uma casa onde apetece ficar, simples mas decorada com muito bom gosto. Parabéns, mais uma vez!

E a continuação de boas férias. As minhas estão a ser demasiado cansativas com a mudança de casa, mas, enfim... é por uma boa causa.

Um abraço.

Minda disse...

Somos um grupo de amigos, vizinhos da blogosfera, e estamos a pensar criar uma rede de blogs almadenses, uma espécie de “ponto de encontro”, blog-fórum, ou algo parecido, um lugar virtual onde possamos nos encontrar e saber uns dos outros, trocar ideias, partilhar experiências, conversar, rir... (em suma, fazer o que nos apetecer) e gostaríamos que aderisses ao projecto e nos apresentasses o teu contributo. Passa pelo INFINITO’S e deixa-nos a tua opinião. Obrigada.

Rosa Brava disse...

Uma GRANDE SENHORA da poesia.

Grata por a partilhares.
Um abraço ;)

Maria disse...

Da Sophia, Poesia, gosto de tudo.....
Cara nova, muito bem...

Saudades. Tive.

Ana Patudos disse...

Deixei uma lembrança para ti no paúl dos patudos
bjo
AP

isabel victor disse...

"Como se em tudo aflorasse eternidade" (...)

B* de bom dia e de boas férias

Luis Eme disse...

E as férias passaram num instante... Isabel...

Luis Eme disse...

É bom para tudo, Repórter...

Luis Eme disse...

Pois sei Maria...

Luis Eme disse...

Espero que o teu coração já se tenha equilibrado, Rosa...

Luis Eme disse...

É tudo bom, Ana Paula, especialmente as visitas...

Luis Eme disse...

A Sophia só fazia coisas lindas, Redonda...

Luis Eme disse...

Espero que já estejas mais descansada no teu novo lar, Minda...

Luis Eme disse...

A partilha é uma das melhores coisas que a blogosfera tem, Rosa Brava...

Luis Eme disse...

Eu também, Maria...

Luis Eme disse...

Já lá estive e adorei tudo, até o pé de dança, Ana Paula...

Luis Eme disse...

Nada é eterno, nem as férias, Isabel...