segunda-feira, abril 23, 2007

Um Livro à Minha Escolha


"Bonecos de Luz" é um livro especial, que nos fala da magia do cinema nos seus primeiros tempos.
Romeu Correia escreveu-o de uma forma estupenda, ao ponto de nos conseguir colocar em frente do lençol branco, a assistir aos filmes cómicos do cinema mudo, que tiveram em Charles Chaplin a sua grande figura.
Além de homenagear os livros, abraço aquele que continua a ser o maior escritor do concelho e que foi sempre um grande apaixonado pelo Ginjal e pelo Tejo, lugares onde cresceu e deu as primeiras braçadas, ainda na companhia dos golfinhos...

11 comentários:

Maria P. disse...

Muito bem, Romeu Correia, merece sem dúvida.

Boa semana Luís.

Repórter disse...

O sempre e ainda enorme Romeu Correia.
Só podia ser...
Ele que tanto amava a sua cidade.

Luis Eme disse...

Pois merece Maria.

Luis Eme disse...

É verdade Repórter!

João Vasco disse...

"Bonecos de luz" é ,na minha opinão, o melhor trabalho de Romeu Correia na categoria Romance/Novela.
Lembro-me de o ter lido pela primeira vez com 12 anos e ter sentido na altura, que estava a ler um livro para gente crescida e conseguia entendê-lo tão bem como os livros dos Cinco da Enid Blyton . :)
Talvez fosse esse o grande segredo dos textos do Romeu: Uma escrita tão simples, limpa, e despretenciosa que até uma criança o consegue entender.

Luis Eme disse...

Sem usar qualquer tipo de classificação, não tenho dúvidas de que "Bonecos de Luz", foi o livro do Romeu que mais gostei. Toda aquela magia dos primórdios do cinema, está descrita de uma forma que nos transporta mesmo para aquelas "salas" improvisadas.

Em relação à escrita do teu avô, ela é de facto simples e limpa... coisa rara nos nossos dias.

Poesia Portuguesa disse...

Perdi o comentário...acontece-me sempre isto... ;(((((

Poesia Portuguesa disse...

Como estava a dizer, recordo-me de ouvir falar em casa de meus Pais, para além de literatura e de Teatro, que ele escrevia, tinha sido campeão de boxa? Posso estar enganada.

Merecido reconhecimento,

(não era bem isto que tinha escrito anteriormente, mas fica assim, já não consigo repetir...)

Um abraço ;)

Alice C. disse...

Também li os "Bonecos de Luz" e é de facto um livro especial. Boa escolha Luís.

Luis Eme disse...

Sim "Poesia", para além da literatura, Romeu foi um grande amante do desporto, praticando atletismo e boxe, também de qualidade.

Luis Eme disse...

É sem qualquer dúvida, um livro especial, Alice.