sexta-feira, abril 13, 2007

Às Vezes Acontece...


Às vezes acontece, o dia treze cola-se à sexta-feira e somos invadidos por jogos de sorte e de azar, como se o mundo acabasse numa sexta-feira 13...

Não sei se há algum jakpot, mas acredito sim, que hoje o número de apostadores do "euromilhões" vai aumentar.

Porquê? Porque nestas histórias de azar os portugueses acreditam na possibilidade de se conseguir espreitar a sorte, mesmo que tenham de passar debaixo de alguma escada ou cruzarem-se com um gato escuro.

Para azarados, já basta sermos portugueses, ou antes, vivermos em Portugal...

18 comentários:

MC disse...

Aqui tens uma moça virgem, nessa coisa do euromilhões. ;)

e também sou uma grande chata porque não tenho ponta de superstição, nem rezo ao S. Judas Tadeu, nem à Sra de Fátima...

(mulher mais desinteressante...e a caminho da excomunhão) :(

Rosa dos Ventos disse...

E depois dentro dos azarados ainda há os mais azarados.
Eu estou nos mais azarados dos mais azarados!

Papoila disse...

Sinceramente Luís, não ligo muito às 6ª feira 13, porque dá azar...
Agora a sério, tento não pensar muito nisso, pois as coisas acontecem se tiverem mesmo de acontecer, independentemente de ser uma 6ªF 13.

Debaixo do Bulcão disse...

O quê, hoje é sexta-feira? Epá, não tinha reparado! E treze, ainda por cima?...

Vitorino

=)

Alice C. disse...

Por acaso desta vez não me esqueci de jogar no "euromilhões". Vamos lá ver se o azar me dá sorte Luís.

Repórter disse...

Um único acertador do "resto da europa", vem dizer que nós, os portugueses, tivemos... azar!

Luis Eme disse...

Não vejo que seja chato não ter superstições... é um alivio, MC.

És realmente uma católica especial... nem sequer rezas à senhora de Fátima.

Luis Eme disse...

Não sejas assim Rosa, compra já uma ferradura e coloca-a na porta...

Luis Eme disse...

Penso exactamente como tu Papoila, a sorte e o azar não esperam... nem devem ter preferência por um dia especial...

Luis Eme disse...

Ainda bem que andas distraido Vitorino... é uma boa forma de enganares o "azar"...

Luis Eme disse...

Espero que o azar sexta 13 te tenha dado sorte Alice.

Luis Eme disse...

Obrigado pela informação Repórter...

Nisto de jogos da sorte, parece que o azar ganhou 1 a 0.

Cris Caetano disse...

Luís, me imagine copiando tin-tin por tin-tin do comentário da Rosa dos ventos e: "vem morar no Rio de Janeiro, vem!" (frase provocadora)
bjo

Luis Eme disse...

Podia dizer a mesma coisa que disse à Rosa, "vender-te" a história da "ferradura", mas nem sequer sei se resulta, Cris...

Em relação à tua "provocação", como deves saber, a ideia que temos deste lado do Atlântico, do Rio de Janeiro, está longe de ser a melhor...

Claro que sei que há exageros nas notícias, mas...

vague disse...

Não ligo à sexta-feira 13 mais q aquilo q me lembram os noticiários e não se sei se foi 'sorte' a conquista do ângulo certo para tirar essa fotografia - mas se não foi sorte é como se tivesse sido pq está bonita :)

Luis Eme disse...

Eu também não ligo, Vague...

Em relação a fotografia, não sei se houve sorte... houve sim a conjugação de uma série de factores, como acontece em quase tudo na nossa vida. Nós é que teimamos em chamar-lhe sorte se for coisa boa e azar se for coisa má...

Manias...

vague disse...

Pois. É o sonho. São os nossos sonhos que nos enganam, não é a realidade. E conforme ela é, chamamos-lhe sorte ou azar e às vezes uma coisa lá pelo meio...

Luis Eme disse...

Concordo, Vague...