terça-feira, maio 11, 2010

Levar, Ler, Libertar... Agora em Almada

Levar
, Ler, Libertar, é a melhor forma para caracterizarmos o "bookcrossing", o acto de deixar livros num espaço público, depois de os lermos, para que possam ser encontrados por outros, que irão continuar a cadeia, transformando o mundo numa biblioteca.

Felizmente este projecto está a chegar às escolas de Almada (Agrupamentos de escolas Comandante Conceição e Silva e D. António da Costa), envolvendo todo o pessoal dos estabelecimentos de ensino, desde os alunos aos funcionários.
A professora Ana Rodrigues, é uma das responsáveis por este projecto no Concelho, que tem o apoio do Município e pretende alargar o seu território aos espaços públicos de Almada. Já tive a tive oportunidade de conversar com a professora Ana e de sentir o seu entusiasmo por esta iniciativa que anda por aí, a girar pelos cinco continentes.
A escolha do meu livro para ilustrar esta notícia não foi de todo inocente, pois ele também anda por aí, a ser "levado, lido e libertado" (há quase um ano)... embora eu não saiba nada dele. Mas segundo os testemunhos, é frequente alguns livros, só darem notícias passados anos, em cidades, países e continentes diferentes.

8 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

É uma óptima iniciativa!
Pode ser que chegue aqui algum...
O teu sei eu identificar mas os outros como serão identificados a partir da origem?
Têm um logotipo, um carimbo?...

Abraço

Ani disse...

Muito obrigada pelo seu apoio e entusiasmo!
Quanto à questão da Rosa dos Ventos, posso dizer-lhe que os livros de Bookcrossing serão lançados com etiquetas que os identificam como iniciativa nossa.
De qualquer forma, estaremos presentes na tertúlia da Scala,em Junho, para fazer o lançamento/libertação de vários livros.
Se quiser estar presente, teremos muito prazer!

Ana Rodrigues

Maria P. disse...

O teu já está a viajar:)

Todos os livros tem um carimbo que identifica esta iniciativa.

Existe um site para consultas: www.bookcrossing-portugal.com

É uma iniciativa curiosa, alguns livros aparecem com anotações de outros leitores, outros livros chegam a estar anos "sem darem" notícias é um mundo de surpresas...

Beijinho, Luís*

alice disse...

:) fico contente por ti, luís. um beijinho.

Luis Eme disse...

como a Ana disse, todos os livros estão identificados com etiquetas, Rosa...

Luis Eme disse...

é uma excelente iniciativa, Ana.

só tem de ser apoiada e acarinhada.

Luis Eme disse...

dizem que sim, que anda por aí, espero que o mantenham em "viagem" e que seja lido com gosto, M. Maria Maio...

Luis Eme disse...

a história é simples, ouve uma pessoa amiga que me pediu um dos meus livros para ser "libertado".

acho que já foi há um ano, mais ou menos. a partir daí, não soube mais nada dele, Alice.

agora esta iniciativa é mais recente e começou nas escolas do concelho de Almada e vai ser alargada à cidade. o que é óptimo, para quem gosta de livros...