terça-feira, junho 24, 2008

As Marchas de Almada

Ontem foi noite de S.João em Almada, onde além dos bailaricos populares, houve as já tradicionais, Marchas Populares.

Quem acompanhe as marchas em Almada, nota, ano após ano, uma grande melhoria em praticamente todos os participantes neste concurso.
Há uma grande inovação no guarda-roupa, nos arcos e até na coreografia (já não marcha tudo da mesma forma...). Claro que há três ou quatro grupos que se destacam, onde se percebe que têm como objectivo a vitória, em nome de um bairrismo, que não deixa de ser salutar.
A escolha do local da apresentação (frente à Lisnave) - que talvez ainda seja provisória para o Município -, tem-se revelado o espaço ideal, pelo menos se o compararmos com a Praça S. João Baptista. Há mais espaço para o público e até para os marchantes, além de haver outro ponto de dança, além da tribuna, o que é sempre agradável para as pessoas e também para os participantes, que podem fazer um último ensaio, antes de se apresentarem em frente da tribuna e do respectivo júri.
Embora estas mudanças tenham acontecido devido às obras, conseguiram "democratizar" este evento, o que é sempre de saudar. Só esperamos que assim continue, para gáudio de todos os almadenses e não de apenas os "eleitos"...

14 comentários:

Debaixo do Bulcão disse...

Tens fotos das marchas deste ano?

Eu não consegui ir lá, portanto não tenho nenhuma imagem do evento. Mas, se tiveres, e não te importeres de as partilhar, manda-me algumas via e-mail, para eu publicar no Almada Cultural por extenso. (Referindo o nome do autor, obviamente)

Cumprimentos

António Vitorino

Maria P. disse...

Depois venha o S. Pedro!:)

Beijos, Luís M.

jasmimdomeuquintal disse...

Não aprecio as marchas mas reconheço a sua importância. como moro perto da avenida, passou aser um sossego...
bj

OBSERVADOR disse...

Há pouco tempo, alguém ligado aos participantes dizia que a qualidade tinha baixado, e tinha, porque os apoios teriam sido inferiores.

Ora, com este pressuposto, como entender que tenha havido uma melhoria, e ainda bem, se não é público um aumento dos apoios?

Sobre o local, concordo em absoluto.

Uma avenida escura ficou mais clara, mais bonita, pelo menos por uma noite.

Luis Eme disse...

Já foram, Vitorino...

Luis Eme disse...

depois que está quase, M. Maria Maio...

Luis Eme disse...

já te chega o desassosego das obras, Jasmim...

Luis Eme disse...

segundo os meus olhos, de há meia dúzia de anos para cá, a melhoria é nitida.

Se acontece com menos dinheiro, é de louvar a imaginação e o trabalho associativo desta gente, que vive intensamente este espectáculo, Observador...

no ano passado só tinha assistido às marchas do pavilhão, não tinha percebido que tinham aproveitado tão bem a avenida da "Lisnave"...

nabisk disse...

Completamente de acordo, vem se notando de ano para ano, significativas mudanças para melhor.

Luis Eme disse...

o que só prova que mais vale quem quer que quem pode, Nabisk, e que o dinheiro não é tudo (se houve mesmo redução nos apoios)...

Deusa Odoyá disse...

Oi meu estimado amigo Luis eme.
Vim conhecer seu blog, e dou logo de cara com uma festa tradicional para vcs. como São João.
Aqui no Brasil é mutio linda também.
Voltarei mais vezes e achei linda as fotos da festa.
beijos em seu coração.

Da amiga do lado de cá.

Regina coeli


Te aguardo no meu cantinho.

Fique na paz.

Luis Eme disse...

viva o S.João, aqui e no mundo, Regina.

Cris Caetano disse...

E Viva o S.João! :)
Luís, acho essa época do ano deliciosa. Assisti daqui as Marchas de S.Antônio porque ainda bem, a SIC Internacional "me permitiu". O S.João do Porto apareceu uma coisinha ou outra, bem pouquinho. :(
Acho essas tradições o máximo e me lembram o tempo de menina quando vovô (quem sai aos seus não degenera) celebrava aqui no Brasil o S.João e os outros tempos sãjoaneiros passados aí. Que o de Almada continue assim ou melhor por muitos e muitos anos. :)

Beijinhos

Luis Eme disse...

as coisas alegram um bocadinho,de facto, Cris...