segunda-feira, fevereiro 04, 2008

Um Tiro Certeiro no Dedo Grande do Pé

Embora este "blogue" seja regional, é impossível passar ao lado das afirmações de Alípio Ribeiro, director nacional da Polícia Judiciária.
A sua afirmação, de que, «houve uma certa precipitação», na constituição de Kate e Gerry McCann como arguidos, fazendo fé na sua experiência como magistrado do Ministério Público, abana mais a credibilidade desta nossa polícia, que as prováveis falhas que poderão ter existido na investigação dos casos mais mediáticos dos últimos anos: Casa Pia e Maddie.
Mas não fica por aí, abana todo o edifício da justiça, desde os juizes aos magistrados do Ministério Público, passando pelos inspectores e agentes da Polícia Judiciária...
Não percebo porque razão, não surge ninguém a pedir a "cabeça" do senhor...

16 comentários:

alice disse...

subscrevo, luís. um beijo.

Maria disse...

E eu percebo cada vez menos o que se passa por aqui. Neste caso e no outro famoso, que provavelmente vai acabar em "águas de bacalhau"....
Tristeza, é só o que sinto.

Beijo, Luís

Maria P. disse...

E é impressionante o ar de descontracção com que o senhor fez tal afirmação!
Enfim...


Abraço Luís*

OBSERVADOR disse...

Está tudo podre!!!
Para o sistema, a minha gargalhada de desprezo!!!

Sininho disse...

Olha que, a estas horas, o dedão já sarou e ele anda todo lampeiro a preparar-se para a próxima.
Faço ideia das pressões diplomáticas do governo do Sr. Brown...
Anda tudo distraído a brincar ao Carnaval, nem devem ter reparado na barbaridade.
E seriam precisos muitos para que a cabeça caísse, que esta é o que se chama uma cabeçorra de peso...

Abraço

Kalinka disse...

Hoje, longe de Carnavais, resolvi agradecer alguns prémios que recebi; depois...tive que nomear outros que merecessem o prémio, e, como acho que há blogs fantásticos, entre eles o teu, aviso-te que podes levantar o que te pertence, no kalinka.

Continuação de boa semana.

Luis Eme disse...

Um beijo e boa recuperação, Alice.

Luis Eme disse...

Só numa república cheia de bananas é possível acontecer diariamente todas estas "acrobacias", qual delas a mais vergonhosa, Maria...

Luis Eme disse...

Descontração e saber, Maria P...

Luis Eme disse...

Completamente, Observador...

Luis Eme disse...

Provavelmente, Sininho.

É a subsurviência a sua majestade...

Luis Eme disse...

Agradeço e beijo-te Kalinka.

(claro que é subserviência, na resposta à Sininho...)

APC disse...

Antes que abane, mas que se assuma, do que o inverso, apesar de tudo.

Venho de te ler sobre O Rio das Flores, noutro blogue! :-)

E deixo-te um abraço!

Luis Eme disse...

Acho que é uma questão de decoro.

Ele além de colocar em causa o ministério público (talvez o alvo...), coloca em causa a instituição que dirige.

Penso que teria de ser demitido. Claro que com Sócrates não se percebe muito bem até onde se pode ir para se sair.

Não gostei do Cavaquismo, mas nesse tempo uma anedota de mau gosto era o suficiente para demitir um ministro...

abraço APC

vague disse...

nem eu, nem eu...

o Expresso avançou q seria uma espécie de preparação da opinião pública para um arquivamento dos autos,
mas
q raio de forma de agir, estamos num país civilizado? não, estamos tomados de assalto por (i)responsáveis levianos políticos.
descredibiliza-se a PJ, o país, tudo.
bah.

Ocelot Spetsnaz disse...

Bom dia.
só apara dizer que o seu blog contém informação deveras relevante, e mais importante está muito bem estruturado.
Podia passar no meu blog e comentar queria que me desse conselhos sobre como melhorar o meu blog!

http://ocelot-novaescola.blogspot.com/

Bem Haja