segunda-feira, maio 20, 2013

Uma Viagem Diferente pelo Coração de Almada Velha


O Museu da Cidade, através da Ângela  da Ana e da Margarida, resolveu comemorar o Dia Internacional dos Museus, de uma forma diferente, com um passeio pela chamada Almada Velha, guiado por quem ali cresceu e viveu.

Só posso acrescentar que foi uma excelente ideia convidar alguns "sábios" almadenses, que substituíram muito bem qualquer historiador local, guiando-nos pela Rua Direita da Vila de Almada (e ruas próximas) dos anos trinta, quarenta e cinquenta, com entusiasmo e saudade.

Acabámos por ficar todos a ganhar, pois à medida que íamos avançando, ficávamos a conhecer a localização exacta de algumas lojas que já não existem, assim como o nome dos seus donos e também dos lugares onde moraram pessoas importantes de Almada, como  foi o caso dos professores Alberto de Araújo e Adelaide Coutinho.

Tudo isto graças às "memórias de elefante" de Francisco Gonçalves, Orlando Laranjeiro,  José Luís Tavares e Fernando Moura.

Fico à espera da próxima visita. E até dou uma "pista": uma "viagem" ao Caramujo, guiada por alguns antigos operários das fábricas de cortiça e e de farinha, seria pela certa, memorável.

2 comentários:

Cris Caetano disse...

Tudo a ver o adjetivo "sábios". :) Lembrei-me das conversas com vovó, descrevia lugares e pessoas com tantos detalhes (tinha uma memória invejável), que era como ouvir várias histórias numa simples conversa.

Beijos

Luis Eme disse...

é, Cris.

é delicioso ouvir.