sábado, fevereiro 23, 2013

Os Cacilheiros


Não imagino Cacilhas sem os Cacilheiros.

Nem tão pouco o Tejo, o rio da minha aldeia, que quase nos oferece "cruzeiros", um tudo nada rápidos, entre Cacilhas e Lisboa.

Quando digo um tudo nada rápidos, estou a pensar nos dias que não tenho pressa, em que era capaz de deixar a "barca laranja" ser levada pela corrente...

6 comentários:

elvira carvalho disse...

Uma maravilha.
Um abraço e bom fim de semana

CAP CRÉUS disse...

Tenho pena que os cacilheiros lentos estejam a ser substituidos pelos rápidos. E que se esteja a perder o tipico branco e laranja.

Rosa dos Ventos disse...

E eu sempre a adiar a viagem no "barquinho da carreira", aquele que faz que anda mas não anda...:-))

Abraço

Cris Caetano disse...

que foto, hein? :)

beijos, Luis

momo disse...

Un abraço amigo

Luis Eme disse...

o Tejo não é o mesmo sem cacilheiros, amigos. :)