domingo, janeiro 23, 2011

A Última Taberna de Cacilhas

A "Taberna Mateus", situada na rua Comandante António Feio, é a última taberna existente em Cacilhas. Tem resistido ao tempo com grande teimosia, não se transformando em café, como aconteceu com tantas outras tascas.

Pelo menos desde os anos quarenta que esta casa é explorada como taberna, ou seja, há uns setenta anos. A primeira dona conhecida era a Mery, figura popular da localidade ribeirinha. Nesse tempo também servia comidas, hoje limita-se a oferecer alguns petiscos aos seus clientes habituais, além do bom vinho e também água pé, como está afixado na porta...

14 comentários:

Maria disse...

Não a deixem fechar (em forma de grito)!

Beijinho, Luís.

CAP CRÉUS disse...

Longa vida à Taberna!

AC disse...

Associada à taberna está sempre uma forma de vida. A não ser que haja uma renovação de conceitos, as últimas tabernas mais não são que documentos históricos. Entre outras, eis uma razão bastante válida para que não se deixem desaparecer.

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Que a ASAE não se lembre de a fechar!
Isto é património nacional!

Cris Caetano disse...

Que máximo! Será pedir muito dar uma espiadinha (por foto) em seu interior? :)

Beijos, Luis

d'Alma disse...

Sorte a vossa; por aqui, de tantas tascas, daquelas genuinas, com pinguços e tudo, restam as ruinas algumas ratazanas à procura de um coirato de presunto, esquecido atrás do balcão afogado em vinho!... Pobres ratos, devem ter ouvido algumas estórias dos avós de seus avós!
Agora, enfim, minis e mais minis e bolicaos!...




Abraço

Luis Eme disse...

não sei até quando irá resistir, Maria...

Luis Eme disse...

não será muito longa, as tabernas não são deste tempo de mariquices e de asaes, Cap...

Luis Eme disse...

nem mais, AC, alimentadas por "teimosos"...

Luis Eme disse...

sim, que não haja denúncias da vizinhança, Rosa...

Luis Eme disse...

não tirei retratos do interior, o dono poderia não achar piada, Cris...

Luis Eme disse...

é, D'Alma...

Observador disse...

Apesar da evolução dos tempos, sabe bem encontrar uma coisa assim.

E é útil.

Luis Eme disse...

pois sabe, Observador.