domingo, janeiro 03, 2010

Passeio de Cacilhas à Arealva

Antes do almoço já tinha previsto dar um passeio por Cacilhas, à beira do Tejo.

Depois de passar pelo café e conversar um pouco, acabei por receber um companheiro inesperado de passeio. Chama-se Luís como eu e também se interessa pela história local, com a particularidade de ter vivido a infância próximo do Cais de Cacilhas, conhecendo muito bem toda aquela zona.
Fomos andando e conversando, identificando espaços de antigas fábricas, armazéns e moradias, quando demos por isso estávamos no Olho de Boi, a um passo da Quinta da Arealva, que também acabou por receber a nossa visita.
Foram mais duas horas de passeio, com a visita a alguns recantos mais escondidos, contando histórias da história de Almada com as pessoas do Ginjal dentro.

10 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Parece-me promissor!
Ainda não venci a preguiça para passar por esses lados.
Cheira-me a maná para tirar fotografias!
Bom ano!

Rosa dos Ventos disse...

Belo passeio!
Aqui choveu todo o dia.
Depois da habitual bica, casa...

Abraço

alice disse...

és um excelente fotógrafo, luís...

Maria P. disse...

Por aqui chovia...

Bonita foto!

Bjs, Luís M.

Luis Eme disse...

grande maná mesmo, Cap.

aparece, com sol, frio, nevoeiro... o Tejo dá para tudo...

Luis Eme disse...

nestas duas horas não caiu pinga de água, mas choveu antes e depois, Rosa...

Luis Eme disse...

não tenho paciência para ser um grande fotógrafo, Alice.

mas gosto muito de fotografia.

Luis Eme disse...

também choveu, mas houve um intervalo para uma passeata, M. Maria Maio...

é bonita, lá isso é.

Cris Caetano disse...

Minha próxima vinda aqui terá de incluir mais tempo por essas bandas.

Beijinhos

Luis Eme disse...

acho bem, Cris...