terça-feira, fevereiro 17, 2009

O Casamento Entre Pessoas do Mesmo Sexo

Acho uma grande hipocrisia toda esta "nuvem" de poeira, levantada acerca do casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Digo isto porque todos sabemos que existem famílias compostas por dois homens ou duas mulheres, por vezes até no prédio onde habitamos (por acaso é o que acontece no meu, e o casal em causa, até é um excelente exemplo de cidadania a todos os níveis, são educados e simpáticos para toda a gente, não baixam a cabeça quando se cruzam connosco nas escadas...).
Se as pessoas já vivem juntas e constituíram uma família, porque razão não podem oficializar a relação?
Não consigo perceber.
Eu nunca morri de amores pela instituição "casamento", só casei com a minha esposa, porque era a única possibilidade de vivermos juntos. Mas nunca senti necessidade de ter um papel assinado. Mas respeito quem acha este "contrato" uma coisa essencial numa relação, sejam hetero ou homo.
Quem também adora estas discussões (assim como a eutanásia), é o senhor engenheiro que nos governa. Ele pode governar mal (e se governa...) mas não dorme na "forma"...
Não consegui identificar o autor imagem, mas como a acho bonita, aí vai ela...

18 comentários:

Maria disse...

É uma questão de falso moral, de hipocrisia. Ontem no prós e contras houvem quem metesse o dedo na ferida, nomeadamente o dedo dentro da própria igreja católica... pois...
Enquanto o povo está entretido com isto esquece o BPN e Alcochete...

Beijinho, Luís, desta terra nossa

Rosa dos Ventos disse...

Por mim acho que todas as pessoas devem ter o direito de ser felizes e qual é o problema se forem do mesmo sexo?!
A Igreja também não considera casamento, o casamento pelo civil...e depois vem com hipocrisias destas!

Abraço

Maria P. disse...

Todos tem o direito de escolher, o resto são manobras de diversão...


Beijos, Luís M.

Artur R. Gonçalves disse...

Parece ter sido pintada à maneira de Toulouse-Lautrec, que também era pouco afeito a qualquer tipo de convencionalismos.

Luis Eme disse...

também penso assim, Maria. é só folclore...

Luis Eme disse...

sim, sem dúvida, M. Maria Maio.

Luis Eme disse...

a sociedade é assim, Rosa...

da igreja nem é bom falar. infelizmente os piores exemplos de falta de tolerância vêm de quem devia apoiar estas e outras causas humanas...

Luis Eme disse...

sem dúvida, Artur.

Lúcia disse...

Também não morro de amores pela instituição casamento. Mas que esteja disponível para todos. OU não é um direito baseado em princípio de igualdade? Enfim...
Beijinhos, Luís

Observador disse...

Nem quero aprofundar um comentário sobre o faz-de-conta dos cardeais e afins.
Mas quer-me parecer que há seguidores do mesmo princípio (falsidade) no governo.

alice disse...

adorei o texto e a imagem :) beijo, luís. bom fim de semana!

Luis Eme disse...

exactamente, Lúcia.

Luis Eme disse...

provavelmente, Observador...

Luis Eme disse...

ainda bem, Alice...

Alice C. disse...

Faz-me confusão a ideia, há coisas que não conseguimos mudar dentro de nós, Luís.

Mas concordo com o que dizes, são pessoas como as outras e vivem como um casal. Não podemos fingir eternamente que não vimos.

Luis Eme disse...

pois não, Alice.

não adianta fingir que não vimos...

redonda disse...

Também gostei da imagem e concordo inteiramente com o texto!

Cris Caetano disse...

Penso igualzinho, sem tirar nem por. Deixe que as pessoas interessadas decidam pelo casamento ou não, ser contra é hipocrisia.

Beijinhos