terça-feira, dezembro 19, 2006

A Beleza Feminina

Eu sei que o "Casario" tem sido um lugar demasiado temático, afastando-se poucas vezes da Margem do Tejo. Foi uma opção inicial, embora saiba que de vez em quando é bom mudar de "disco"...
Apesar de alguns "blogues" - mesmo sabendo que o objectivo principal é provocar a malta, não é Isabela? -, tentarem esbater algumas desigualdades reinantes, têm feito com que perceba com nitidez que o mundo continua a ser pintado (não dominado, porque no fundo as mulheres sempre nos dominaram, embora no tempo dos nossos avós e pais, fosse tudo mais subtil...) com as cores masculinas, como o azul, o cinzento e o castanho...
Falo em cores como podia falar em desenhos e quadros, que continuam muito iguais, se os compararmos com outros tempos.
Estou a referir-me à mulher-objecto que continua a fazer furor e atinge os patamares mais altos, nos mundos da moda e da publicidade. Pois é, quem diria que para se vender um carro, ainda é preciso despir quase uma mulher (que é sempre um carrão...).
Esta procura da beleza feminina acaba por influenciar comportamentos, com a cumplicidade da própria mulher.
Ao olhar uma jovem almadense, bonita, que ainda não atingiu os quarenta anos, notei que perdera a luminosidade no olhar e até a beleza corporal. Estava mais magra e descuidada. Quase que me apeteceu dizer-lhe: «Cresceste, deixaste de ser uma boneca...».
Apesar de muitas mudanças na sociedade - e de se ter inventado uma coisa estranha, que chamam "metrossexuais"... -, ao homem continua a não ser exigido o mesmo patamar da beleza feminina.
O melhor exemplo é o facto de podermos engordar e haver sempre alguém que ache a nossa barriguinha sexy. Podia dizer o mesmo em relação ao cabelo começar a branquear e a cair. Até há uma canção que diz que é dos carecas que elas gostam mais, embora esta não seja tão convincente, até para alguns homens, que não dispensam o capachinho...

12 comentários:

Anónimo disse...

Oh, o que eu teria a dizer sobre esta coisa da "beleza feminina"... divagando, claro.
Infelizmente continua a ser esta a nossa sociedade, infelizmente a imagem conta mais do que a competência, infelizmente, infelizmente, infelizmente...
Talvez no dia em que nós acharmos / assumirmos que a beleza está no interior de cada um este Mundo se torne melhor...

Alice C. disse...

Vocês homens dizem cada uma!
Quem é que acha um homem com barriga sexy? Não conheço!
Gostar de carecas... essa tem que se lhe diga, depende dos carecas.
Pelos vistos nem vocês acreditam nisso, é por isso que há para aí cada capachinho, de dar vómitos!
(espero não ter ido longe demais Luís...)

Cris Caetano disse...

Olá Luis,

ihhhh, mas esse assunto dá pano para mangas ;). E acho que mais ainda nos anos 90 e neste novo século, tudo aquilo pelo qual as mulheres tanto lutaram (quem não sabe da queima dos soutians?) foi por água abaixo. A mulher-objecto está cada vez mais presente e mais infeliz.

Pessoalmente não tenho nada contra homens carecas, agora homens com capachinhos....

Bom Natal com muita harmonia e um 2007 com felicidades! :)

MC disse...

bom tema, sim senhor! :)

"porque sempre nos dominaram..." se quisessem até podiam, mas não tem sido tanto assim...e o tema central de que falas é disso um exemplo.

aprendiz de viajante disse...

... este teu tema dava muito que falar... mas agora passei apenas para te desejar um feliz Natal e um próspero ano novo... que 2007 seja um ano de muita felicidade!

Um bjinho

AnaG. disse...

Obrigada, Luís, por todos os teus comentários sempre tão agradáveis.
Venho desejar-te um Feliz Natal e um sapatinho recheado de coisas boas.
Beijinho.

Luis Eme disse...

Pois é Maria, esta "beleza feminina" é demasiado artificial, e obriga a grandes sacrifícios para que quem quer ser (e tenha atributos para isso...) "boneca" consigam manter os padrões, da tal beleza, definidos pela sociedade.

Luis Eme disse...

Alice, quando dizemos o que pensamos, nunca vamos longe demais. Houve alguma provocação da minha parte (intencional), pelo que compreendo perfeitamente a tua reacção.

Luis Eme disse...

É verdade MC,
mas quando falo em dominar, falo da maneira inteligente com que vocês nos costumam "dar a volta", para nos levarem pelos caminhos que acham mais certos...
A minha mãe agia assim com o meu pai e a minha mulher também faz o mesmo, embora hoje não seja necessária a subtileza de outros tempos...

Luis Eme disse...

Pois dá Elsa, por isso é que era engraçado dizeres mais alguma coisa...

Luis Eme disse...

Agradeço e retribuo as tuas palavras bonitas, Ana.

Luis Eme disse...

Cris, ficaste "esquecida", mas foi por pouco tempo.
Tens toda a razão, há pano para mangas e mangas para pano nesta temática...
Agradeço e retribuo os teus votos.