domingo, agosto 26, 2007

O Abandono de Animais


O "filme" não é novo... muito menos as cenas...
Grave são os números. Segundo o SOS Animais em 2007 foram batidos todos os recordes de abandono de animais.
Claro que há palavras para descrever estes seres, que tratam os animais desta maneira, mas não as digo...

A Sofia e o Fresco, que posaram para a fotografia embora não recebam tratamento "vip", não pertencem à lista, e gostam de ser, simplesmente, gatos...

16 comentários:

Maria P. disse...

O meu Perdido (um gatão!) foi abandonado, apareceu-me em casa um dia e ficou.
Não sei como é possível abandonarem assim os animais!

Uma boa semana*

AnaG. disse...

Gostei da Sofia e do Fresco. Parece-me que eles se sentem muito felizes...

É de lamentar a quantidade de animais abandonados.

Beijitos

Papoila disse...

Tenho tanta pena dos bichanos e bobis em geral. Não percebo porque é que as pessoas deixam os animais ao abandono se depois não têm condições para tratar deles.

Simplesmente não percebo...

Repórter disse...

Já nem sei se são os humanos que abandonam os animais se são os animais que abandonam os donos por acharem que estes não são de confiança.

Rosa dos Ventos disse...

Revolta-me o abandono e maus tratos dos animais.
Acho que esses malfeitores também mereciam cadeia!
Gostei dos teus gatinhos...

Cris Caetano disse...

Abandonam pessoas: idosos e crianças, portanto quanto aos animais, devem pensar que são objectos. É muito triste.
Vale a pena contar uma atitude bacana das pessoas da minha rua, onde eu me incluo: temos um cão viralata de rua, de estimação, o Cobra ou Perneta, ou Pirata - ele tem vários nomes e atende a todos :), é bastante esperto e se aproxima para recer carinho, daí ser "o" preferido. Os donos de cães daqui ajudam na compra de antipulgas mensais e vacinas anuais, além disso, é alimentado diariamente, obviamente. Há outros dois que recebem o mesmo tratamento, esses têm um dono (morador de rua) que costuma pedir ajuda quando necessita; e por último, apareceu um gatinho que adora caçar passarinhos - entendo a natureza, mas dói ver - é outro que passou a ser cuidado.
Acho que é a única solução, tentar compensar a maldade de outros seres humanos.
beijinho, Luís.

Menina_marota disse...

Muito prazer Sofia e Fresco... gosto tanto de saber que existem pessoas para quem os animais fazem parte da família...

Infelizmente, cada vez mais o egoismo de muitos aumenta, deixando ao abandono quem deviam proteger.

Grata pela partilha,

Bj

Luis Eme disse...

Também não sei... ou aliás, sei.

Como muito bem diz o povo, Maria P, quem vê caras não vê corações...

Luis Eme disse...

Pois é Ana...

A Sofia e o Fresco são felizes e têm espaço...

Luis Eme disse...

Acho que ninguém percebe, Papoila... mas,

Luis Eme disse...

Os animais são muito mais fiéis que as pessoas, Repórter...

muito mais mesmo...

Luis Eme disse...

Revolta-nos a todos nós, Rosa...

Os gatos são mais dos meus filhos, e da minha sogra, claro...

Luis Eme disse...

Acho que é um pouco isso Cris...

Olham os animais como "bibelôs", para deitar fora, quando começam a chatear...

Luis Eme disse...

Apesar dos números assustadores, penso que são mais as pessoas que cuidam bem dos animais que as outras, Menina Marota...

Espero não estar a ser demasiado optimista...

isabel victor disse...

Revoltante !
Sintoma de egoísmo extremo. Mas há também quem faça isto com pessoas ...

usa, abusa e deita fora ...
a doença consumista.

Luis Eme disse...

Pois há...

Todos os dias, Isabel...

É no mínimo triste, e envergonha-me muito, como ser humano.