sábado, abril 09, 2016

Uma Balada Especial...

O "Casario do Ginjal" dá as boas vindas a Luís Filipe Maçarico, poeta e associativista, que se mudou recentemente de Lisboa para Almada, com a publicação deste poema de José do Carmo Francisco, que também homenageia o nosso blogue e o autor, e claro, o Associativismo Almadense.

Balada para Luís Filipe Maçarico

Adeus Lisboa, cidade
Tenho a vida em partilhas
Caldeirada de saudade
Entre Almada e Cacilhas.
Eu digo adeus às matilhas
Em tuque-tuque infectado
Cidade das maravilhas
Está perdida no passado.
Se a Poesia é verdade
No fim tem sempre razão
Na Cova da Piedade
Tive prémio e ovação.
Por Incrível que pareça
Há sempre uma Academia
À espera de nova peça
Na mais teimosa alegria.
E um Céu que tem Maria
A captar em cada imagem
O preto e branco do dia
Povoamento e paisagem.
Na proa dum cacilheiro
O Mundo tem outra escala
Com Luís Alves Milheiro
Saltam poemas da mala.
Casario do Ginjal
Conservas e tanoeiros
Aqui em frente à Capital
Cantam versos derradeiros.

José do Carmo Francisco        

(Fotografia de Luís Eme) 

4 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Boa! Sou amiga do Luís Filipe Maçarico há 40 anos. E estou feliz por ele.
Um abraço e bom fim de semana

Janita disse...

Linda homenagem! Bonito post, bela foto!

Parecem banalidades
Mas na verdade não são.
Dizem-se grandes verdades
Que saem do coração.

As que escrevi e as que li, pois então!! :)

oasis dossonhos disse...

Grato ao Luís Milheiro e ao José do Carmo Francisco, por estas boas vindas tão envolventes. Abraço a ambos, extensivos a Elvira Carvalho e Janita, pela gentileza que colocaram nos seus comentários. BEM HAJAM!

Céu Ramos disse...

Lindo poema, sentido e merecido ao nosso comum amigo Luís. Obrigada por me incluir. Bem haja.