terça-feira, julho 31, 2012

A Esperança, Entre a Ilusão e a Desilusão...


Embora fosse perceptível que iria ser muito difícil conseguir medalhas em Londres, a esperança consegue sempre alimentar-nos algumas ilusões.

A maior esperança nestes Jogos era a Telma (como escrevi na posta anterior...), por ser a número dois do mundo e a campeã europeia. Ela tinha toda a legitimidade para acreditar em medalhas (e nós também...).

Embora a pressão e os holofotes tenham um peso terrível, a Telma, o Pina e outros campeões, não são o "Mamede", como alguns ignorantes já escreveram. Caíram perante atletas próximos da sua qualidade.

Até por respeito a esse grande campeão, que foi o Fernando Mamede, não deviam fazer estas comparações (sem nexo).

Penso que só quando atingirmos um patamar, em que seja normal conquistarem-se medalhas, as coisas mudarão (talvez do dia de são nunca à tardinha...).

Mas para isso era necessário que o Desporto em Portugal não se limitasse ao Futebol. E que os jornalistas que fazem turismo desportivo, de quatro em quatro anos, andassem pelos campeonatos da europa e do mundo, a ver e a conhecer os nossos campeões.

O mais curioso, é que apesar de tudo, ainda tenho esperanças na canoagem e no remo...

6 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Tive pena! :-((
Imagino o estado de espírito da Telma embora seja uma valente!

Abraço

Observador disse...

Telma sabia que o judo europeu, onde ela dita leis, é inferior ao mundial.

Apesar de tudo, perder à primeira, é complicado.

Ana Costa disse...

Gostei de saber que está bem informado sobre o desporto português.
Não fazia ideia que havia gente tão boa na canoagem.

Parabéns por as suas esperanças de terem concretizado.

Luis Eme disse...

é assim, ganha-se e perde-se, Rosa.

e ela é quem sofre mais com a derrota, embora as pessoas se esqueçam...

Luis Eme disse...

aconteceu, Observador.

também havia pressão a mais e nunca devia ter sido proposta para porta-estandarte.

devia ter sido o João Rodrigues ou o Álvaro Marinho, por exemplo.

Luis Eme disse...

parabéns aos dois campeões, Emanuel Silva e Fernando Pimenta, Ana.