sexta-feira, maio 06, 2011

O Tejo Parado


Os dias mais estranhos do Tejo, são quando ele parece parar, deixar de se mexer, deixar de respirar.


Felizmente são raros os dias do "Tejo-chão"...

Gosto muito mais do Rio quando tem ondas, quando se olha para o Mar da Palha e se sente que o estuário podia ser um "oceano"...

14 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Sem vida...
Nada comparado com o antigamente, não é?
E sem vida, também não há ondas...:-)

Observador disse...

O Tejo é sempre o Tejo, Luis.

Rosa dos Ventos disse...

Eu gosto dele sempre!
Tenho que ir vê-lo brevemente a Constância...é onde passa mais perto de mim e aí nunca está assim! :-))

Abraço

carol disse...

"O Tejo ... é o rio da minha aldeia!" (nasci em Algés...) e é liiiiiiiiiindo! Esteja rio, esteja mar.

Beijinho.

Isamar disse...

Rio é estrada que anda, é rumo, é bússola de qualquer povo. E o Tejo foi tão, tão, importante nas nossas vidas, nas de todos. Lisboa cresceu voltada para esse rio que tanta riqueza nos trouxe desde os primeiros tempos da nossa nacionalidade.
Também gosto de lhe ver as águas em movimento.

Bem-hajas!

Beijinho

Luis Eme disse...

o rio está muito melhor que há dez, vinte, trinta anos, as águas estão muito menos poluídas, Cap.

lembro-me do Tejo ser uma massa de água (entre o castanho e o cinzento) sem qualquer transparência, junto às margens...

Luis Eme disse...

é mesmo o rio da tua "aldeia", Carol. e que rio...

Luis Eme disse...

eu também, mas gosto dele mais vivo, Rosa.

Luis Eme disse...

sempre, Observador.

Luis Eme disse...

o Tejo é um mundo, bonito, Isamar.

Cris Caetano disse...

Depende da minha "onda", também gosto de olhar pra calmaria. :)

Beijos, Luis e bom fim de semana.

momo disse...

tenho saudades do Tejo....

Luis Eme disse...

claro, depende sempre da "onda", Cris.

Luis Eme disse...

ele está em tantas cidades, Momo.

claro que aqui é mais bonito, mais mar...