terça-feira, julho 07, 2009

26º Festival de Almada

Não gosto de me repetir, foi por isso que deixei passar uns dias, desde o começo do Festival de Teatro de Almada.
Mas é impossível passar ao lado desta iniciativa cultural, que trás gente de vários "mundos" a Almada.
Joaquim Benite queixou-se da crise à "Visão", de ter um orçamento mais reduzido para este ano. Mas absurdo seria o contrário...
A imaginação faz sempre milagres, quando há menos dinheiro...
E Viva o Teatro!

4 comentários:

Lúcia disse...

Bom, importante é que le não decline a nacionalidade portuguesa por causa disso!;)
beijos, Luís

Observador disse...

É, sem dúvida, uma enorme manifestação cultural que há muito ultrapassou fronteiras.

A acompanhar, a par e passo.

Luis Eme disse...

ele gosta de ser português e almadense, Lúcia...

Luis Eme disse...

sim, o festival já é do "mundo", Observador...