terça-feira, junho 02, 2009

Uma Janela para o Tejo


É mais um das janelas deliciosas que existem na Margem Esquerda, onde se pode dizer olá a Lisboa, à distância de um passo gigante, ao mesmo tempo que quase se molha as mãos e os pés no melhor rio do mundo...

16 comentários:

Maria disse...

Não reconheço, mas é linda...
Um dia destes vou perder-me a descobrir Almada. E o Seixal...

Beijinho, Luís

Cris Caetano disse...

Lindo!

Beijinhos

Observador disse...

Conheço o espaço.
E o "nosso" Tejo sempre pelo meio...

Blackbird disse...

Gosto bastante dessa janela...já fiz aí umas belas chapas!

O lugar é fantástico...nem parece Almada! ;)

Abraço

Rosa dos Ventos disse...

Que bela janela virada para o Tejo!
E que bela imagem...

Abraço

Maria P. disse...

Uma belíssima janela a sul...

Beijos, Luís M.

vague disse...

é uma janela com o seu quê de romântico qb.

Luis Eme disse...

há sempre lugares desconhecidos à nossa espera, Maria...

Luis Eme disse...

lindo e agradável, Cris...

Luis Eme disse...

é só espreitar, Observador...

Luis Eme disse...

pois não, Blackbird, é um dos nossos "oásis"...

Luis Eme disse...

sim, Rosa, e fica na Casa da Cerca. um lugar muito recomendável...

Luis Eme disse...

sim, a Sul, com o Norte em frente, M. Maria Maio...

Luis Eme disse...

todo aquele espaço da Cerca é romântico, tem beleza, arte e sossego...

é um daqueles lugares a não perder, Vague.

Papoila disse...

Linda esta Janela :)

BF

Luis Eme disse...

pois é, Papoila...