terça-feira, outubro 03, 2017

A Notícia do Hotel no Cais do Ginjal


No Expresso de sábado o suplemento de economia trazia na capa uma entrada sobre uma notícia aparentemente interessante sobre o Ginjal.

O título era: "Savoy quer hotel no Cais do Ginjal em Cacilhas". Na página da notícia o título mudava ligeiramente: "Savoy estuda hotel na margem sul do Tejo".

Acho que pode ser uma boa ideia, embora o Ginjal seja muito húmido durante quase meio ano (com as estações todas malucas, este microclima deve ter encurtado...).

A Quinta da Arealva aparece na fotografia do interior. É um lugar especial, que sim, poderia ser espaço de um hotel único à beira Tejo...

Vamos ver. Pode ser que com as mudanças políticas se olhe de forma diferente para o Rio. Embora também possa ser perigoso, porque como todos sabemos, o "bloco central" é o principal culpado de grande parte dos atentados que se têm feito ao património do nosso país e da sua venda quase a retalho nas últimas quatro décadas...

3 comentários:

Isabel Pires disse...

Luís, realmente é estranho que não haja aí nessa bordadura uma unidade hoteleira.
Ia dizer que tinha esperança de pelo menos tomar um cafezito aí... Tudo depende dos números :)

Marianne Ullmann disse...

Olá Luís!
Parabéns pelo blog e pelo livro!
Sou de Almada e sou arquitecta. Vou participar num concurso de ideias para a revitalização de um espaço à escolha.
Pensei imediatamente no Ginjal, mas o espaço tem de ser um “sótão”.
Gostaria de lhe de perguntar, como grande conhecedor da zona, se sabe de algum edifício que tenha esta característica.
Muito obrigada!

Luis Eme disse...

Conheço um edifício que poderá ter essas características, Marianne.

Diga alguma coisa (luismilhas@gmail.com)