domingo, novembro 25, 2012

O Museu da Música Filarmónica


Daqui a algumas horas será inaugurado em Almada, o Museu da Música Filarmónica.

É um acto solene com grande sentido histórico, se pensarmos que a base do associativismo almadense nasceu através da fundação das Sociedades Filarmónicas, que tiveram como "mãe" a Incrível Almadense, que conta hoje com 164 anos, e sempre teve banda de música.

Apesar da modernidade dos tempos, Almada continua a possuir quatro bandas filarmónicas, de quatro Colectividades Centenárias.

É por isso que a criação deste museu é muito importante para uma terra como a nossa, da mesma forma que seria determinante a realização de um protocolo entre o poder autárquico e as Sociedades Filarmónicas, para que a música saísse mais vezes à rua e voltasse a estar presente nos grandes momentos da Cidade. 

Acreditamos que esta é forma mais séria de ajudar a subsistir a Cultura Popular, as Bandas Musicais e as Escolas de Música, tão importantes no seio do Movimento Associativo.

O óleo é de Armando Barrios.

4 comentários:

Observador disse...

Votos de boa sorte para (mais) esta iniciativa.

Luis Eme disse...

é sempre uma mais valia para cidade, Observador.

Cris Caetano disse...

Que óleo lindo!

beijos, Luis

Luis Eme disse...

pois é, Elvira.